Autoexame da Tireoide pode detectar Nódulos: saiba como

0
63


O autoexame da tireoide é muito fácil e rápido de ser realizado e pode indicar a presença de alterações nesta glândula, como cistos ou nódulos, por exemplo.

Assim, o autoexame da tireoide deve ser realizado especialmente por quem sofre com doenças relacionadas à tireoide ou que apresentam sintomas de alterações como dor, dificuldade para engolir, sensação de pescoço inchado. Também é indicado para pessoas que apresentam sinais hipertireoidismo, como agitação, palpitações ou emagrecimento, ou de hipotireoidismo como cansaço, sonolência, pele seca e dificuldade de concentração, por exemplo. Saiba mais sobre os sinais que podem indicar problemas na tireoide.

Como fazer o Autoexame da Tireoide

Os nódulos e cistos da tireoide podem surgir em qualquer pessoa, mas são mais comuns nas mulheres após os 35 anos de idade, especialmente naquelas que tem casos de nódulos tireoideanos na família. Na grande maioria das vezes os nódulos encontrados são benignos entretanto, quando são detectados, devem ser investigados pelo médico com exames mais precisos como dosagens de hormônios no sangue, ultrassom, cintilografia ou biópsia, por exemplo. Confira quais são os exames que avaliam a tireoide e seus valores.

Como fazer o autoexame

O autoexame da tireoide consiste em observar o movimento da tireoide durante a deglutição. Para isto, você só vai precisar de:

  • 1 copo de água, suco ou outro líquido
  • 1 espelho

Você deverá estar de frente para o espelho, inclinar ligeiramente a cabeça para trás e beber o copo d’água, observando o pescoço, e se o pomo de Adão, também chamado de gogó, sobe e desce normalmente, sem alterações. Este teste pode ser realizado várias vezes seguidas, se você ficar com alguma dúvida.

O que fazer se encontrar um nódulo

Se durante este autoexame você sentir dor ou perceber que há algum caroço ou alguma outra alteração na glândula tireoide, deve marcar uma consulta médica com um clínico geral ou endocrinologista, para fazer um exame de sangue e uma ultrassonografia para avaliar a função da tireoide. 

Dependendo do tamanho do nódulo, do tipo e dos sintomas que provoca, o médico irá recomendar a realização ou não de uma biópsia e, em certos casos, até a remoção da tireóide.

Se você encontrou um nódulo, veja como é feita e a recuperação da cirurgia da tireoide clicando aqui.

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here