Como funciona a Eletrolipólise – Tua Saúde


A eletrolipólise, ou eletrolipoforese, é um tratamento estético que funciona no combate às gorduras localizadas e à celulite. Contudo, este é um procedimento não é recomendado para quem possui feridas na pele, infecções locais, diabetes e mioma, por exemplo.

O tratamento com a eletrolipólise promove a quebra das células de gordura e facilita a sua saída. Estudos científicos têm comprovado que o uso da eletrolipólise é eficaz no combate à gordura localiza e celulite, entretanto, melhores resultados são observados se a pessoa fizer também exercícios físicos e ter uma dieta hipocalórica.

Eletrolipólise - Técnica elimina gordura localizada e celulite

Como funciona

A eletrolipólise tem como objetivo eliminar a gordura acumulada por meio da estimulação do processo de lipólise, ou seja, de quebra de gordura, por meio da aplicação de corrente elétrica de baixa frequência no local, havendo consequente perda de gordura acumulada e aumento da circulação sanguínea, melhorando também a aparência da pele e diminuição do inchaço. 

Para passar a corrente elétrica usa-se um aparelho de TENS ligado à agulhas de acupuntura, que são colocadas na região a ser tratada, como a zona abdominal, flancos, bumbum ou coxas, por exemplo.

As agulhas são colocadas em pares, com uma distância menor que 5 cm, e ligadas ao aparelho. O fisioterapeuta deverá ligar o aparelho, colocando os parâmetros necessários para o procedimento, e o indivíduo irá sentir a corrente elétrica na região (uma espécie de formigueiro) até quase sentir dor.

A técnica com agulhas é mais eficaz, pois atua diretamente nas células de gordura, no entanto a eletrolipólise também pode ser feito utilizando eletrodos de silicone que são colocados no local a ser tratado e que transmitem a corrente elétrica para a célula de gordura.

Normalmente são indicadas 10 sessões para que se possa notar os resultados, porém a quantidade de sessões pode variar de acordo com o método utilizado e quantidade de gordura que se deseja eliminar.

Resultados da eletrolipólise

Os resultados da eletrolipólise são geralmente observados a partir da 10ª sessão, mas podem ser vistos antes se a pessoa optar por realizar outros tratamentos estéticos como por exemplo a drenagem linfática, que facilita a retirada dos líquidos e de toxinas.

Recomenda-se realizar no mínimo 10 sessões de eletrolipólise, pelo menos 1 vez por semana, no caso do tratamento com agulhas, e até 2 vezes no caso do eletrodo de silicone, além de praticar atividades físicas e ter uma alimentação adequada e balanceada, diminuindo, assim, o acúmulo de gordura e aparecimento de celulites. Veja o que comer para eliminar gordura.

Onde fazer

A técnica pode ser realizada em clínicas de estética ou clínicas de fisioterapia, por fisioterapeutas devidamente treinados. As sessões devem ser realizadas cerca de 2 vezes por semana, em dias alternados, e melhores resultados são observados, se a seguir à eletrolipólise a pessoa fizer uma sessão de drenagem linfática manual ou mecânica.

Uma sessão de eletrolipólise dura em média 40 minutos e geralmente não há dor, no entanto a pessoa pode sentir um leve formigamento, mas que não gera dor.

Durante a sessão, é normal que pareça que a intensidade do aparelho diminuiu, e neste momento, o fisioterapeuta deverá aumentar a graduação do aparelho, pois o indivíduo já é capaz de aguentar uma intensidade maior.

Contraindicações da eletrolipólise

Apesar de ser um método de tratamento estético eficaz, possui várias contraindicações, não sendo indicado para pessoas que possuem alergia na zona a ser tratada, está grávida, possui hipotireoidismo, Síndrome de Cushing, deficiência de cálcio ou osteoporose, por exemplo.

Além disso, pessoas que possuem marcapasso cardíaco, epilepsia, insuficiência renal, mioma, câncer, hipertensão, hipoglicemia, diabetes ou faz uso de medicamentos com corticoides, progesterona ou beta-bloqueadores, não devem fazer esse tratamento estético para eliminação da gordura localizada. Confira outras opções de tratamento para gordura localizada.

Veja outras dicas que a podem ajudar a acabar com a celulite no vídeo seguinte:

Imagem ilustrativa do vídeo: CELULITE: descubra o que realmente funciona

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site