Como identificar a hipoglicemia reativa e como tratar


A hipoglicemia reativa é uma condição que normalmente surge entre 1h30 e 3 horas após o consumo excessivo de alimentos ricos em açúcar ou carboidratos, podendo estar relacionado ou não com doenças, como por exemplo a diabetes.

O consumo excessivo de açúcar em pouco tempo faz com que o organismo produza e libere muita insulina para equilibrar os níveis de açúcar no sangue, no entanto, a insulina produzida acaba retirando mais glicose do sangue do que deveria, sendo caracterizado um quadro de hipoglicemia.

Na hipoglicemia reativa podem haver sintomas como dor de cabeça ao estar com fome e aumento no desejo de comer doces e deve ser tratada com o consumo de alimentos com baixo índice glicêmico como os integrais, para reequilibrar a taxa de glicose na corrente sanguínea.

Hipoglicemia reativa: o que é, sintomas e tratamento

Sintomas da hipoglicemia reativa

Os sintomas da hipoglicemia reativa são:

  • Dor de cabeça;
  • Fome;
  • Tremores;
  • Enjoo;
  • Suor frio;
  • Tontura;
  • Cansaço;
  • Palpitação cardíaca;
  • Tremores.

O diagnóstico da hipoglicemia reativa deve ser feito por meio de um exame normal de sangue com o objetivo de se verificar a curva glicêmica de 5 horas, já que a de 3 horas pode gerar um resultado falso negativo. Saiba como pode ser feito o exame da curva glicêmica.

O que pode causar

A hipoglicemia reativa pode acontecer em qualquer pessoa que tenha consumido muitos doces ou muitos alimentos ricos em carboidratos, não sendo necessariamente relacionado a doenças. As principais causas de hipoglicemia reativa são:

  • Pré-diabetes;
  • Ficar mais de 3 horas sem comer nada;
  • Doenças hormonais como a síndrome de Dumping, que ocorre em 15% de indivíduos que fizeram cirurgia gástrica – saiba como identificar e tratar a Síndrome de Dumping;
  • Intolerância à frutose;
  • Em caso de galactosemia, que é uma doença genética em que a pessoa possui intolerância à galactose, não podendo consumir leite e derivados, por exemplo – conheça mais sobre a galactosemia;
  • Sensibilidade à leucina;
  • Uso inadequado de medicamentos para controlar a diabetes.

A hipoglicemia reativa é muito comum entre praticantes de atividade física, especialmente naqueles que tomam suplementos à base de carboidratos. Por isso, deve-se ter uma atenção especial quanto à alimentação e jamais treinar de estômago vazio.

Hipoglicemia reativa: o que é, sintomas e tratamento

Como é feito o tratamento

O tratamento para hipoglicemia reativa tem como objetivo manter os níveis de glicose constantes no sangue. Além disso, após a crise é importante oferecer algo para a pessoa comer, mesmo que não tenha vontade, como 1 pão ou um copo de suco de laranja por exemplo. 

É recomendado também para tratar a hipoglicemia reativa:

  • Fazer 6 refeições por dia, 3 principais e 3 lanches intercalados, ricos em proteína e pobre em açúcar e em carboidratos;
  • Evitar as bebidas alcoólicas;
  • Praticar exercícios moderadamente;
  • Consumir alimentos ricos em fibras e alimentos ricos em proteínas em todas as refeições;
  • Evitar comer doces quando estiver com estômago vazio.

Antes de praticar exercícios também é recomendado comer carboidrato de baixo índice glicêmico, para que se tenha energia suficiente para a atividade e, além disso, é importante incluir em todas as refeições fibras e proteínas para que o açúcar dos alimentos não seja absorvido mais rapidamente.

Caso não seja tratada, a hipoglicemia reativa pode levar a consequências de ordem neurológica, como confusão mental, depressão, ansiedade, insonia, irritabilidade, fobias e falta de concentração.

Como é feita a dieta para hipoglicemia reativa

A dieta para hipoglicemia reativa deve ser recomendada por um nutricionista após o diagnóstico. A dieta tem como objetivo fazer com que os níveis de açúcar se mantenham constantes no sangue, sendo recomendado comer a cada 2 ou 3 horas. É importante também ensinar a pessoa a correr de forma correta para evitar a recorrência da hipoglicemia. Saiba como é feita a dieta para hipoglicemia reativa.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site