Como se Pega e Tratamento da Herpes nos Olhos


A herpes que se manifesta nos olhos, também conhecida como herpes ocular, é provocada pelo vírus herpes simples tipo I e causa geralmente coceira, vermelhidão e irritação no olho, sendo muitas vezes os sintomas semelhantes aos de uma conjuntivite. Além disso, na maioria dos casos o herpes ocular surge apenas num olho, no entanto também pode aparecer em ambos os olhos.

Quando este tipo de herpes surge é importante ficar atento ao surgimento dos sintomas, pois quando não tratado este vírus pode causar problemas de visão, como visão embaçada ou até mesmo cegueira nos casos mais graves.

Entenda o que é a Herpes nos Olhos

Principais Sintomas da herpes ocular

Os principais sintomas da herpes ocular, são geralmente semelhantes aos de uma conjuntivite e são:

  • Sensibilidade à luz;
  • Sensação de corpo estranho no olho;
  • Coceira no olho;
  • Vermelhidão e irritação no olho;
  • Presença de bolhas ou úlceras com borda avermelhada e líquido na pele próxima do olho;
  • Lacrimejamento excessivo;
  • Visão embaçada.

Além dos sintomas principais de vermelhidão e irritação nos olhos, a herpes ocular pode também provocar o surgimento de uma ferida na córnea, que pode ser rapidamente observada e febre e mal estar geral nas primeiras 48 a 72 horas.

É importante ir ao oftalmologista assim que surjam os primeiros sintomas para que possa ser feito o diagnóstico e, assim, iniciar o tratamento de modo a diminuir as chances de acontecerem complicações e, até mesmo a cegueira.

Como se pega o herpes ocular

O herpes ocular se pega através do contato direto com bolhas ou úlceras com líquido causadas pelo herpes, como bolhas de herpes labial por exemplo. Este vírus pode ser transmitindo através de mãos que tenham estado em contato direto com as feridas causadas pelo vírus, que depois entraram em contato direto com os olhos.

Tratamento da Herpes Ocular

O tratamento do herpes ocular é geralmente feito com remédios antivirais como Aciclovir ou Valaciclovir em comprimidos ou em pomadas e com analgésicos como Dipirona ou Acetaminofen para o alivio da dor. Além disso, para complementar o tratamento, se o médico achar necessário pode também receitar o uso de compressas úmidas mornas ou frias, de pomadas com bacitracina-polimixina para proteger o olho e de colírios antibióticos, que iram ajudar a prevenir o aparecimento de infecções secundárias causadas por bactérias.

É importante que o tratamento seja feito o mais breve possível, para evitar que hajam complicações, como a cegueira, por exemplo. Além disso, a herpes também pode surgir em outros locais do corpo, como boca ou órgãos genitais, sendo por isso importante estar atento ao surgimento dos sintomas. Aprenda a reconhecer os sintomas da herpes genital e labial em Saiba como reconhecer os sintomas da herpes.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site