Dieta para hipoglicemia reativa – Tua Saúde


A dieta para hipoglicemia reativa deve garantir que os níveis de açúcar se mantêm constantes no sangue. A hipoglicemia reativa ocorre, normalmente, 1 a 3 horas após a ingestão de alimentos ricos em açúcar ou carboidratos, podendo afetar diabéticos e não diabéticos.

Para tratar rapidamente a hipoglicemia reativa, basta que a pessoa coma apenas o equivalente a 3 torradas ou um suco de frutas, por exemplo, e para a evitar, deve-se tentar seguir uma dieta equilibrada, em que haja um bom controle dos horários das refeições. Saiba mais sobre hipoglicemia reativa.

Dieta para hipoglicemia reativa

Qual a dieta para hipoglicemia reativa

Na dieta para hipoglicemia reativa, é importante não ficar muitas horas sem comer, devendo-se fazer refeições com intervalos de cerca de 2 a 3 horas.

Devem-se privilegiar fibras que retardam a digestão, como cereais integrais, verduras e frutas e dar preferência a alimentos ricos em proteínas como carne magra, peixe e ovo e em carboidratos complexos como por exemplo pão integral, arroz e massa, sendo que a versão integral destes alimentos também possui mais fibra.

No café da manhã e lanches, deve-se dar preferência a alimentos com carboidratos complexos e de baixo índice glicêmico, como pão integral com queijo fresco ou torradas integrais com iogurte. Ao almoço e jantar, o prato deve ter sempre metade com verduras e na outra metade o arroz, massa ou batata com a carne, peixe, ovo ou feijão como representado na imagem:

Refeição aconselhada na hipoglicemia reativa

Dieta para hipoglicemia reativa

O que não comer

Para evitar as crises de hipoglicemia reativa não se deve comer alimentos ricos em açúcares e carboidratos simples como bolos, bolachas, chocolates, rebuçados, refrigerantes, alimentos refinados como pão branco. É importante também excluir da alimentação as bebidas alcoólicas.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site