Exame GGT: quais os valores e o que significam

0
38


O exame GGT, também conhecido por Gama GT ou gama glutamil transferase, é normalmente solicitado para verificar a presença de problemas no fígado ou obstrução biliar, já que nessas situações a concentração de GGT está elevada.

A gama glutamil transferase é uma enzima produzida no pâncreas, coração e fígado, principalmente, podendo estar elevada quando há comprometimento de algum desses órgãos, como pancreatite, infarto e cirrose, por exemplo. Assim, para auxiliar o diagnóstico de problemas hepáticos e biliares o médico normalmente solicita sua dosagem juntamento com TGO, TGP, bilirrubinas e fosfatase alcalina, que é uma enzima também dosada pra auxiliar o diagnóstico de problemas no fígado e obstrução biliar. Veja para que serve o exame de fosfatase alcalina.

Esse exame pode ser solicitado como exame de rotina pelo clínico geral ou quando há suspeita de pancreatite, por exemplo. No entanto a realização desse exame é mais recomendada nos casos de suspeita de cirrose, esteatose hepática, que é a gordura no fígado, e uso excessivo de álcool. O valor de referência variam de acordo com o laboratório sendo normalmente entre 7 e 50 UI/L.

Para que serve o exame GGT - Gama glutamil transferase

O que significa o valor alterado

Os valores deste exame de sangue devem ser sempre avaliados por um hepatologista ou clínico geral, no entanto, algumas alterações são:

GGT elevado

Esta situação normalmente indica a presença de um problema no fígado, como:

  • Hepatite viral crônica;
  • Diminuição da circulação sanguínea para o fígado;
  • Tumor hepático;
  • Cirrose;
  • Consumo excessivo de álcool ou drogas.

Porém, não é possível saber qual o problema específico, sendo necessário fazer outros exames como tomografia computadorizado ou ultrassonografia, por exemplo, além de outros exames laboratoriais. Saiba quais são os exames que avaliam o fígado.

Em alguns casos mais raros, estes valores também podem estar alterados devido a doenças não relacionadas com o fígado, como insuficiência cardíaca, diabetes ou pancreatite.

GGT baixo

O valor de GGT baixo é semelhante ao valor normal e indica que não existe qualquer alteração no fígado ou consumo excessivo de bebidas alcoólicas, por exemplo.

No entanto, se o valor de GGT estiver baixo, mas o valor de fosfatase alcalina estiver alto, por exemplo, pode indicar problemas ósseos, como deficiência de vitamina D ou doença de Paget, sendo importante fazer mais testes para avaliar essa possibilidade.

Como deve ser feito o preparo para o exame

O exame deve ser feito em jejum de pelo menos 8 horas, já que os níveis de GGT podem diminuir após refeições. Além disso, deve-se evitar consumir bebidas alcoólicas 24 horas antes do exame, pois podem alterar o resultado. Alguns medicamentos devem ser suspendidos, pois podem elevar a concentração dessa enzima.

É importante comunicar também quando foi a última vez que foi ingerido bebida alcoólica para que seja considerado na hora da análise do resultado, pois mesmo que não tenha sido nas 24 horas anteriores ao exame, pode ainda assim haver elevação na concentração de GGT.

Quando fazer o exame

Este tipo de exame é feito quando existe suspeita de lesões no fígado, especialmente quando existem sintomas como:

  • Diminuição acentuada do apetite;
  • Vômitos e náuseas;
  • Falta de energia;
  • Dor abdominal;
  • Pele e olhos amarelados;
  • Urina escura;
  • Fezes claras, como massa de vidraceiro;
  • Coceira na pele.

Em alguns casos, este exame pode também ser pedido para avaliar pessoas que estão seguindo uma terapia de abandono de álcool, pois, caso tenham ingerido bebidas alcoólicas nos últimos dias, os valores estarão alterados. Entenda que outros sinais podem indicar o surgimento de doenças no fígado.

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here