Fígado inchado – Tua Saúde

0
68


O fígado inchado, também conhecido por hepatomegalia, é caracterizado pelo aumento do tamanho do fígado, podendo ser palpado abaixo da costela no lado direito.

O fígado pode aumentar devido a diversas situações, como por exemplo, cirrose, esteatose hepática, insuficiência cardíaca congestiva e, menos frequentemente, no câncer.

A hepatomegalia normalmente não causa sintomas e o tratamento é feito de acordo com a causa. No caso de aumento do fígado por esteatose hepática, por exemplo, o tratamento consiste em realizar atividades físicas e adotar uma alimentação adequada. Saiba como fazer a dieta para gordura no fígado.

Fígado inchado

Como é feito o tratamento

O tratamento para o fígado tem como objetivo identificar e eliminar a causa e deve ser feito de acordo com as recomendações médicas. Algumas recomendações importantes no tratamento para fígado inchado são:

  • Adotar um estilo de vida saudável, mantendo o peso adequado;
  • Fazer exercícios físicos diariamente;
  • Não consumir bebidas alcoólicas;
  • Adotar uma dieta rica em frutas, verduras, hortaliças e integrais;
  • Não tomar remédios sem orientação médica;
  • Não fumar.

O uso de remédios só deve ser feito sob orientação médica. Confira algumas opções caseiras para problemas no fígado.

Principais sintomas

O fígado inchado normalmente não gera sintomas, no entanto quando é possível apalpar o fígado, é importante ir ao médico.

Quando a hepatomegalia é decorrente de doença hepática, por exemplo, pode haver dor abdominal, falta de apetite, náuseas, vômitos, cansaço e pele e olhos amarelados. Se o inchaço acontecer de forma repentina, a pessoa sente dores à palpação. Normalmente o médico determina o tamanho e textura do fígado apalpando-o através da parede abdominal, podendo, a partir daí, prever que tipo de doença a pessoa apresenta.

No caso das hepatites agudas, a hepatomegalia constuma se acompanhada de dores e apresenta superfície lisa e macia, enquanto que nas hepatites crônicas torna-se duro e firme na cirrose, quando a superfície se torna irregular. Além disso, na insuficiência cardíaca congestiva, o fígado fica dolorido e com o lobo direito bastante aumentado, equanto que na esquistossomose o fígado fica mais inchado no lado esquerdo.

O diagnóstico de hepatomegalia é feito pelo hepatologista ou clínico geral por meio da avaliação física e de exames de imagem, como ultrassonografia e tomografia de abdômen, além de exames de sangue. Veja quais são os exames que avaliam a função hepática.

Possíveis causas de fígado inchado

A principal causa de hepatomegalia é a esteatose hepática, ou seja acúmulo de gordura no fígado que pode levar à inflamação do órgão e, consequentemente, seu inchaço. Outras possíveis causas de hepatomegalia são:

  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Dieta rica em gorduras, enlatados, refrigerantes e frituras;
  • Doenças cardíacas;
  • Hepatite;
  • Cirrose;
  • Leucemia;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Deficiência nutricionais, como o marasmo e o kwashiorkor, por exemplo;
  • Doença de Niemann-Pick;
  • Infecções por parasitas ou bactérias, por exemplo;
  • Presença de gordura no fígado por diabetes, obesidade e triglicerídeos alto.

Uma causa menos frequente de fígado inchado é o surgimento de tumor no fígado, que pode ser identificado por meio de exames de imagem como a tomografia de abdômen ou ultrassonografia. 

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here