Gonorreia: o que é, como identificar e prevenir


A gonorreia é uma doença sexualmente transmissível, provocada por uma bactéria conhecida como Neisseria gonorrhoeae, que pode afetar homens ou mulheres que têm contato íntimo sem camisinha, causando infecções frequentes no pênis, vagina ou ânus.

Geralmente, a gonorreia surge em adolescentes e jovens adultos com idade entre os 15 e os 24 anos, no entanto, pode ser evitado com o uso de camisinha durante o contato íntimo.

Na maior parte das vezes a gonorreia tem cura através do uso de antibióticos, porém, após o tratamento, o paciente pode voltar a ser infectado caso tenha contato íntimo desprotegido novamente. Além disso, tem-se observado que algumas pessoas tem uma maior resistência e o tratamento habitualmente realizado porque os antibióticos deixaram de fazer efeito, dificultando a cura. Neste caso pode ser necessário recorrer a uma combinação de antibióticos diferentes para curar a gonorreia resistente aos antibióticos existentes.

O que é Gonorreia, sintomas, tratamento e prevenção

Sintomas de gonorreia

Os sintomas de gonorreia normalmente surgem 10 dias após o contato íntimo desprotegido e é recomendado cosultar o médico para que seja iniciado o melhor tratamento. Nas mulheres, os principais sintomas de gonorreia são:

  • Dor ou queimação ao urinar;
  • Corrimento branco-amarelado, semelhante a pus;
  • Desconforte abdominal frequentes;
  • Sangramento entre o período menstrual e após o contato íntimo.

Nos homens, além da dor ou queimação ao urinar, pode haver inflamação da pele do pênis, testíticulos doloridos e saída de líquido amarelo ou verde pelo pênis. Conheça outros sintomas da gonorreia.

Como é feito o tratamento

O tratamento para gonorreia deve ser orientado por um ginecologista, no caso da mulher, ou um urologista, no caso do homem e, normalmente, é feito com o uso de Azitromicina em comprimidos e Ceftriaxona em injeção única para eliminar a bactéria que causa a doença do organismo.

Durante o tratamento para gonorreia é importante que o indivíduo evite ter relações sexuais até estar completamente curado. Além disso, os parceiros sexuais do paciente devem também ser tratados com antibióticos, mesmo que não apresentem sintomas, devido ao risco de transmitir a gonorreia para outras pessoas ou de contaminar novamente o indivíduo. Saiba mais sobre o tratamento para gonorreia.

Tratamento caseiro

A gonorreia também pode ser tratada por meio do tratamento caseiro, como o chá de flores de romã, por exemplo, pois é uma planta medicinal que contém propriedades anti-sépticas e diuréticas que ajudam a eliminar a bactéria da gonorreia e a fortalecer o sistema imune.

Para fazer o chá de flores de romã, basta juntar 2 colheres de chá das folhas de romã secas em 500 ml de água fervente, deixando repousar por 15 minutos, coar e beber o chá pelo menos 1 vez por dia. O tratamento natural não seve substituir o tratamento recomendado pelo médico, apenas complementar. Veja outras opções de remédios caseiros para gonorreia.

Como prevenir a gonorreia

A prevenção da gonorreia deve ser feita por meio da abstinência sexual ou ter contato íntimo apenas com preservativo, pois assim a transmissão da bactéria de uma pessoas para outra é impedida. 

Embora a gonorreia possa passar durante qualquer tipo de contato íntimo, a bactéria não é transmitida por meio de beijos, abraços ou partilha de talheres, por exemplo, pois a bactéria não é capaz de sobreviver fora do organismo humano.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site