Lesão no Menisco – Sintomas e Tratamento


Dentre os sintomas de lesão no menisco estão a dor no joelho ao caminhar, subir e descer escadas. A dor é localizada na parte da frente do joelho, podendo atingir a parte mais lateral se a lesão for de menisco lateral ou na parte mais interior do joelho se for uma lesão do menisco medial.

O tratamento para recuperação do menisco pode ser feito através de cirurgia ortopédica seguida de fisioterapia. No início do tratamento fisioterapêutico o indivíduo deverá fazer repouso, evitando mexer a perna, colocando gelo para diminuir a dor. Após alguns dias poderá andar com o auxílio de muletas e uma joelheira. Aos poucos, com o trabalho da fisioterapia, o indivíduo poderá voltar a sua vida diária normalmente.

O menisco é uma estrutura de cartilagem presente no joelho que serve para proteger os joelhos quando há impacto ou numa pancada diretamente no joelho ou na perna, por exemplo. Essa cartilagem é muito propensa a lesões em atletas, pessoas com excesso de peso, com artrite, artrose ou outro problema que afete a articulação dos joelhos.

Como identificar e tratar uma lesão no Menisco

O que pode causar a lesão 

As lesões do menisco normalmente surgem devido a uma pancada forte no joelho, como acontece em vários tipos de esporte, como futebol, basquetebol ou tênis. No entanto, existem algumas situações do dia-a-dia que também podem lesionar o menisco como:

  • Virar muito rápido o corpo sobre uma perna;
  • Fazer agachamentos muito fundos;
  • Levantar muito peso utilizando as pernas;
  • Prender o pé enquanto se caminha.

Com a idade, a cartilagem do menisco vai se tornando mais enfraquecida devido ao uso constante e à diminuição da circulação de sangue para o local, o que pode causar lesões mais fáceis após os 65 anos, mesmo ao subir ou descer escadas, por exemplo.

Geralmente a ruptura do menisco lateral está associada ao rompimento do ligamento cruzado anterior enquanto que a ruptura do menisco medial está associada a formação do cisto de Baker. A lesão no menisco lateral é mais comum em movimentos bruscos como acontece num jogo de futebol, enquanto que no menisco medial a lesão se forma por movimentos repetitivos, e a lesão começa na parte posterior do menisco e pode curar de forma espontânea, sem tratamento específico. 

Sintomas de lesão no menisco

O principal sintoma de uma lesão no menisco é a dor na região anterior e/ou lateral do joelho, que piora ou dificulta subir e desces escadas. A dor é localizada e pode piorar com o passar dos dias e pode dificultar até mesmo o caminhar. Além disso há inchaço da região dolorida.

O ortopedista poderá solicitar um raio-x para avaliar o joelho mas o melhor exame para diagnosticar uma lesão no menisco é a ressonância magnética.

O fisioterapeuta poderá identificar uma lesão no menisco através de testes de provocação de dor específicos realizados no consultório.

Tratamento para recuperar a lesão no menisco 

Como identificar e tratar uma lesão no Menisco

O tratamento para uma lesão no menisco pode ser feito com fisioterapia ou cirurgia, nos casos mais graves, quando é necessário fazer uma cirurgia para costurar ou cortar a parte afetada do menisco, provavelmente após a cirurgia o médico irá deixar a perna imobilizada com uma tala e irá indicar o uso de muletas e esta imobilização deve ser mantida durante todo o dia e noite, sendo retirada somente no banho e na fisioterapia. Saiba o que pode ser feito na fisioterapia e exercícios para lesão no menisco. 

Após cerca de 2 meses de tratamento deve-se verificar a necessidade da pessoa e se ainda existe dor local ou limitação de movimentos para poder adequar o tratamento. Quando a pessoa já não sente dores, mas não consegue dobrar completamente o joelho so exercícios deverão ter este objetivo. Um bom exercício é um fazer agachamentos, aumentando o grau de flexão do joelho, o objetivo pode ser tentar agachar ao máximo, até ser possível sentar nos calcanhares.

Remédios para aliviar a dor

Os remédios só devem ser usados após indicação médica e são especialmente indicados após a cirurgia. Nos primeiros dias após a operação, o médico poderá indicar o uso de Paracetamol ou Ibuprofeno para aliviar a dor.

As pomadas como Cataflan e Voltaren podem ajudar no controle da dor mas não devem ser aplicadas até que a ferida esteja completamente cicatrizada. Uma boa forma de aliviar a dor e o inchaço do joelho de forma natural é aplicar uma compressa gelada na região enquanto descansa com as pernas elevadas. 

Como a alimentação pode ajudar

Durante a fase de recuperação deve-se evitar consumir alimentos ricos em açúcar e aumentar o consumo de alimentos ricos em proteínas para facilitar a regeneração dos tecidos. Também é indicado beber bastante água para manter o corpo devidamente hidratado, o que também é importante para manter a lubrificação dos joelhos. Deve-se evitar fast food, refrigerantes e alimentos fritos para evitar o excesso de peso, que pode prejudicar a recuperação desta articulação. Veja exemplos de alimentos cicatrizantes. 

Como é a cirurgia para recuperar o menisco 

Nas rupturas do menisco lateral o ortopedista pode indicar que seja realizada logo uma cirurgia para retirar a parte afetada. No entanto, quando há uma lesão no menisco medial, se esta for longitudinal e de pequeno tamanho, o médico pode optar por indicar a fisioterapia para observar se o rompimento pode ser curado.

Quando o menisco encontra-se rompido em suas bordas ou quando existe uma lesão no meio do menisco, que separa em duas partes, formando uma espécie de alça de balde, o médico também indica logo uma cirurgia, para evitar que a lesão se agrave. 

A cirurgia para reparar o menisco normalmente é feita com anestesia local, com artroscopia, onde o médico faz apenas 3 furinhos no joelho, por onde entram os equipamentos necessários para costurar ou remover a parte quebrada do menisco. O cirurgião pode optar por estas das formas de tratamento:

  • Costurar a parte mais externa do menisco, porque ela é irrigada pelo sangue e por isso pode se regenerar;
  • Remover a parte afetada do menisco, mantendo a parte sadia para evitar que se forme artrose precocemente.

Não é necessário ficar internado no hospital mas o tempo de recuperação varia de 2 a 3 semanas, para o menisco medial, e de 2 meses, para o menisco lateral.

Sinais de melhora e piora

Os sinais de melhora surgem com o início do tratamento e quando a pessoa segue todas as orientações do médico e do fisioterapeuta, fazendo o repouso necessário e os exercícios terapêuticos.

Complicações

Caso o tratamento não seja realizado, é possível que haja um agravamento da lesão, e em caso de ruptura do menisco e a dor pode limitar a vida da pessoa, sendo necessário recorrer a analgésicos e anti-inflamatórios e se acostumar com a dor por toda a vida. Uma lesão no menisco também pode levar a formação de artrose precoce no joelho afetado.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site