Má alimentação na infância pode causar diabetes e pressão alta


A má alimentação da criança em desenvolvimento e do adolescente pode provocar doenças que dificultam o seu desenvolvimento físico e mental, além de trazer problemas mais graves para a vida adulta.

Por ainda estar em desenvolvimento, o organismo da criança e do adolescente é mais susceptível a alterações, e a alimentação é a principal forma para potencializar o crescimento saudável e o aprendizado. Por isso, veja a seguir as principais doenças que a alimentação errada pode causar e o que fazer para evitar:

1. Obesidade

8 Doenças causadas pela má alimentação na Infância e Adolescência

A obesidade é o principal problema que leva a outras doenças, como diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares. Além disso, o excesso de peso, juntamente com o cigarro, é uma das principais causas de aumento do risco de câncer.

Para prevenir a obesidade na infância e na adolescência, deve-se dar preferência a uma alimentação mais natural e com menos produtos prontos industrializados, como biscoitos, salgados, salgadinhos, sorvete, salsicha e linguiça, por exemplo. Incentivar a crianças a levar o lanche feito em casa pra escola é uma ótima forma de criar hábitos saudáveis e evitar o excesso de massas, açúcar e frituras que são vendidos na escola.

2. Anemia

A anemia infantil é comum e normalmente ocorre devido à falta de ferro na alimentação, que está presente principalmente em alimentos como carnes, fígado, alimentos integrais, feijão e vegetais verde escuros, como salsa, espinafre e rúcula.

Para melhorar o aporte de ferro na dieta, deve-se incentivar o consumo de bifes de fígado de boi 1 vez por semana, e comer uma fruta cítrica todo dia após o almoço, como laranja, abacaxi ou tangerina, pois são ricas em vitamina C e aumentam a absorção de ferro no intestino. Veja os principais sintomas e como é feito o tratamento para anemia.

8 Doenças causadas pela má alimentação na Infância e Adolescência

3. Diabetes

A diabetes é uma doença que vem aparecendo cada vez mais em crianças e adolescentes devido ao excesso de peso e à falta de atividade física. Além do aumento no consumo de açúcar, ela também está ligada ao grande consumo de alimentos ricos em farinha, como pães, bolos, massas, pizzas, salgados e tortas.

Para prevenir, é necessário manter um peso adequado e evitar o consumo excessivo de açúcar e farinha branca, estando atendo aos alimentos que têm grandes quantidades desses ingredientes, como biscoitos, massas prontas para bolos, sucos industrializados, refrigerantes e salgadinhos. Saiba a quantidade de açúcar nos alimentos mais consumidos.

4. Colesterol alto

8 Doenças causadas pela má alimentação na Infância e Adolescência

O colesterol alto aumenta o risco de ter problemas cardiovasculares, como infarto, AVC e aterosclerose. Esse problema ocorre principalmente devido ao consumo de alimentos ricos em gorduras hidrogenadas, como biscoitos, salgados e produtos industrializados, e alimentos com muito açúcar ou farinha.

Para prevenir e melhorar os níveis do colesterol bom e reduzir o ruim, deve-se colocar 1 colher de sopa de azeite extra virgem sobre o almoço e o jantar, e incluir nos lanches alimentos como castanhas, amêndoas, amendoim, nozes e sementes como chia e linhaça.

5. Hipertensão

A hipertensão infantil pode ter como causa outros problemas, como doenças nos rins, no coração ou no pulmão, mas também está bastante ligada ao excesso de peso e ao consumo excesso de sal, especialmente quando existe histórico de pressão alta na família.

Para prevenir, é necessário manter o peso controlado, evitar o uso de temperos prontos em cubos e adicionar pouco sal nas preparações em casa, dando preferência à temperos naturais como alho, cebola, pimenta, pimentão e salsa. Além disso, é preciso evitar alimentos prontos ricos em sal, como lasanhas congeladas, feijoadas prontas, bacon, linguiça, salsicha e presunto. Saiba quais são os alimentos mais ricos em sal.

8 Doenças causadas pela má alimentação na Infância e Adolescência

6. Insônia e dificuldade para respirar

A insônia muitas vezes acontece porque o excesso de peso causa dificuldade para respirar, devido ao acúmulo de gordura na região do pescoço e tórax. O aumento da gordura pressiona a farinha, que é o canal por onde o ar passa, dificultando a respiração e causando roncos e insônia.

Neste caso, a solução é perder peso através de uma alimentação saudável. Veja dicas para fazer seu filho comer de tudo.

7. Artrite, artrose e dores nas articulações

A artrite muitas vezes pode estar ligada ao excesso de peso e ao aumento da inflamação no organismo, causado pelo acúmulo de gordura. Para evitar, é necessário investigar a causa principal do problema e controlar o peso, além consumir alimentos anti-inflamatórios, como frutas, verduras, atum, sardinha, castanhas e sementes. Saiba quais são os alimentos anti-inflamatórios.

8. Transtornos alimentares

A má alimentação, o controle excessivo dos pais e a grande exigência dos atuais padrões de beleza exercem muita pressão sobre crianças e adolescentes, podendo servir como gatilho para o aparecimento de transtornos como anorexia, bulimia e compulsão alimentar.

É necessário estar atento ao comportamento dos jovens para identificar transtornos alimentares, recusas em se alimentar ou momentos de compulsão. Ensinar a comer bem, sem focar em padrões de beleza nem em dietas restritivas, é a melhor maneira de prevenir esse tipo de problema.

Veja como fazer a criança se alimentar melhor:

Imagem ilustrativa do vídeo: Como Ajudar Minha Criança a Emagrecer | Obesidade Infantil

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site