Mycoplasma genitalium – Sintomas e Tratamento


O Mycoplasma genitalium é uma bactéria, sexualmente transmissível, que pode infectar o sistema reprodutor feminino e masculino e causar inflamação persistente no útero e na uretra, no caso dos homens. O tratamento é feito com o uso de antibióticos, que deve ser usado pela pessoa infectada e seu parceiro para evitar novas infecções, além de usar preservativos.

Essa bactéria causa sintomas como dor e ardor ao urinar, e é identificada através de exame de urina ou a partir da análise das secreções do pênis ou do útero, sendo indicado no resultado a presença de Mycoplasma sp. O tratamento deve ser iniciado logo que a doença for identificada, pois ela pode gerar problemas como infertilidade e inflamação na próstata.

Inflamação na uretra

Inflamação na uretra

Inflamação no útero e colo do útero

Inflamação no útero e colo do útero

Sintomas do Mycoplasma genitalium

A infecção pelo Mycoplasma genitalium pode levar à presença de corrimento aquoso no pênis ou sangramento fora do período menstrual, normalmente após o contato íntimo, no caso das mulheres. Outros sintomas característicos da infecção por essa bactéria que pode ocorrer tanto em homens quanto em mulheres são:

  • Dor e ardor ao urinar;
  • Dor ao ter relações íntimas;
  • Dor na região pélvica;
  • Febre.

Na presença desses sintomas deve-se procurar o ginecologista ou o urologista para realizar exames que possam identificar a causa e iniciar o tratamento adequado, evitando futuras complicações.

O diagnóstico da infecção pelo Mycoplasma genitalium é feito a partir da análise dos sintomas e sinais de inflamação recorrente da uretra e do útero descritos pelo paciente e avaliados pelo médico, além de exame microbiológico da urina ou de secreção do pênis ou vaginal, em que é feita a identificação da bactéria, que normalmente é descrita no laudo como Mycoplasma sp., que representa infecção por qualquer tipo de Mycoplasma.

Possíveis complicações

Caso a infecção não seja rapidamente identificada e tratada, pode haver algumas complicações tanto em homens quanto em mulheres. Nos homens, além de causar inflamação da uretra, a infecção pelo Mycoplasma genitalium, quando não tratada pode levar à inflamação dos testículos e da próstata. Nas mulheres, a infecção não tratada pode resultar em inflamação do útero, cervicite, uretrite, gravidez ectópica e doença inflamatória pélvica.

Além disso, o não tratamento da infecção pelo Mycoplasma pode resultar em parto prematuro, infertilidade e dor pélvica crônica. Conheça as 10 principais causas de dor pélvica.

Como é feito o tratamento

O tratamento da infecção pelo Mycoplasma genitalium é feito com antibióticos de acordo com a recomendação médica e tem como objetivo eliminar a bactéria. O tratamento deve ser feito tanto pela pessoa infectada quanto pelo seu companheiro, já que o companheiro pode ter sido exposto.

Durante o tratamento é recomendado também evitar ter contato íntimo para garantir que uma nova infecção não irá acontecer. Além disso, é importante lembrar que os sintomas como dor ao urinar ou ao ter relações íntimas podem ser indicativos de Doenças Sexualmente Transmissíveis, sendo assim importante consultar o médico. Saiba tudo sobre as DSTs.

O tratamento da infecção por essa bactéria deve ser iniciado o mais breve possível e deve ser feito de acordo com a recomendação médica, pois já há relatos de que o Mycoplasma genitalium está se tornando resistente a diversos antibióticos, o que dificulta o seu tratamento. É importante também o uso de preservativos para evitar a contaminação por esse microrganismo

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site