O que é Dispepsia e como melhorar a digestão dos alimentos


A dispepsia é caracterizada pela má digestão, ou seja, a digestão lenta e difícil dos alimentos. Ela é considerada um doença crônica benigna e geralmente aparece em períodos de maior estresse do indivíduo e frequentemente está relacionada a má alimentação ou alimentação em excesso.

As causas da dispepsia podem ser uma maior sensibilidade da mucosa do estômago, a presença da bactéria Helicobacter pylori mas as alterações emocionais, principalmente o estresse e a ansiedade causam azia e má digestão.

O que é Dispepsia e como melhorar a digestão dos alimentos

Sintomas de Dispepsia

A dispepsia funcional ou não ulcerosa pode ser identificada por sintomas como:

  • Dor ou desconforto na parte superior do abdômen;
  • Ausência de alterações nos exames, como a endoscopia, que expliquem os sintomas;
  • Exclusão da possibilidade de ser síndrome do intestino irritável.

Os indivíduos que sofrem com a dispepsia não apresentam nenhuma alteração nos órgãos digestivos, porém sentem-se incomodadas com a indigestão constantemente. A dispepsia pode ser diagnosticada pelo gastroenterologista ao observar exames como a endoscopia digestiva alta sem alterações e ainda assim se mantiverem as queixas do paciente.

Tratamentos para curar a Dispepsia 

A cura da dispepsia é difícil de alcançar e o objetivo principal do tratamento é ajudar o paciente a aceitar, reduzir e até conviver com os sintomas.

 O tratamento da dispepsia inclui uma dieta variada, com horários marcados, dando-se preferência a alimentos leves e nutritivos como frutas, legumes, grãos e carnes magras.

O tratamento para a dispepsia, que é um mal-estar sentido no abdômen e que causa sensação de estar cheio e queimação na garganta e estômago, inclui evitar os fatores que causam esses sintomas, como cigarro, leite ou café, por exemplo. Porém, é importante conhecer a causa da dispepsia, que na maioria dos casos é provocada por irritação do estômago, câncer, intolerância à lactose ou ansiedade, para adaptar o tratamento. 

Geralmente, o tratamento tem como objetivo ajudar o paciente a criar estratégias, que são muito individuais, para reduzir seus sintomas, porque uma vez que não há normalmente alterações objetivas em exames não é comum se fazer uma terapêutica medicamentosa pra curar a dispepsia, mas sim para aliviar os seus sintomas.

Remédios para dispepsia

Para aliviar os sintomas de dispepsia pode-se usar analgésicos, para aliviar a dor no estômago, assim como medicamentos anti secretores usados para tratar a úlcera péptica, como Ranitidina ou Famotidina, por exemplo.

Tratamento natural 

O tratamento natural para dispepsia baseia-se em evitar:

  • Estresse;
  • Cigarro;
  • Café;
  • Condimentos;
  • Leite;
  • Alimentos que produzem gases como feijão, couve de Bruxelas, brócolis, couve flor ou cebola.

Uma outra forma de aliviar os sintomas é usar uma bolsa de água morna e aplicá-la sobre a barriga durante as crises mais dolorosas. Veja também: Remédio caseiro para dispepsia.

Dieta para dispepsia

O tratamento nutricional para dispepsia, envolve eliminar os alimentos que se manifestam intolerantes ao paciente e, para saber quais são os alimentos deve-se registrar as suas sensações depois da ingestão controlada de alimentos de forma a identificar que alimentos pode ser menos tolerante à mucosa originando os sintomas de dor, barriga inchada ou diarreia.

Só desta fora, o nutricionista poderá elaborar um plano alimentar balanceado, encorporando alimentos alternativos àqueles que o paciente não consegue ingerir e com valor nutricional equivalente.

O tratamento nutricional para dispepsia deve ser adaptado e alterado com o tempo e, por isso não se faz geralmente com apenas uma consulta. Além disso, exames de intolerância alimentar podem ser uma ferramenta útil para ajudar tanto o paciente como o profissional a elaborar um plano alimentar adequado às suas necessidades nutricionais e preferências alimentares.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site