O que é o exame PAAF de tireoide e Como é feito


A punção aspirativa com agulha fina – PAAF da tireoide é o melhor exame para determinar se um nódulo de tireoide é benigno ou maligno, o que é uma informação essencial para determinar o tipo de tratamento que deve ser realizado a seguir. 

Normalmente os nódulos de tireoide que são pequenos e benignos não necessitam de tratamento, mas em caso de nódulos grandes mesmo que benignos pode ser necessária a cirurgia para sua retirada, e no caso de nódulo maligno deve-se sempre retirar a tireoide, porque ele representa um câncer. Saiba como identificar um nódulo na tireoide. 

Punção de tireoide: Para que serve e Como entender o Resultado

Quando é pedida a PAAF

O médico solicita uma Punção Aspirativa com Agulha Fina quando o exame de ultrassom mostra:

  • Nódulo na tireoide com mais de 0,5 cm e menos de 1 cm havendo suspeita de que possa ser maligno; 
  • Todos os nódulos com mais de 1 cm, sendo hipoecoico, complexo ou espongiforme;
  • Quando existe um parente de 1º grau com câncer de tireoide;
  • Quando a pessoa teve exposta à radiação na infância ou adolescência;
  • Nódulo com aparente invasão fora da tireoide;
  • Em caso de linfonodo suspeito durante a ultrassonografia. 

Quando existe mais de um nódulo na tireoide, todos eles devem ser examinados, retirando-se partes sólidas e líquidas de todos para que sejam analisados laboratorialmente. 

Como é feita a PAAF

A Punção Aspirativa com Agulha Fina pode ser feita ao mesmo tempo que o ultrassom da tireoide, tendo melhor resultado, ou apenas com a palpação do nódulo. Quando se faz a PAAF retira-se pedacinhos do tecido que compõe o nódulo para que possa ser analisado no laboratório, e durante este exame a parte líquida também pode ser retirada para ser analisada e para diminuir o tamanho do nódulo. 

A PAAF dói um pouco mas a dor é suportável, e a pessoa sai do exame apenas com um band-aid cobrindo o local da punção. Não é possível realizar este exame sob anestesia, porque a única anestesia que seria eficaz, é a anestesia geral, cujos riscos não justificam sua realização durante a realização deste exame. 

Pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes como AAS, heparina ou Varfarina, devem deixar de tomar esses medicamentos por 3 dias antes de realizar essa punção.

Conheça os exames que avaliam a tireoide.

Como entender os resultados

Os resultados da Punção Aspirativa com Agulha Fina, de acordo com a classificação do Sistema Bethesda, pode indicar: 

Categoria  O que significa Recomendação
Categoria I: Amostra não diagnóstica, insatisfatória Repetir PAAF com ultrassom
Categoria II: Nódulo Benigno: bócio coloide, nódulo hiperplásico ou tireoidite linfocítica à critério médico
Categoria III:

Atipias, lesão folicular de significado indeterminado, ou seja, inconclusivo

Repetir a PAAF em 3 meses e considerar cirurgia
Categoria IV: Suspeito para neoplasia folicular ou neoplasia folicular, ou seja, inconclusivo Ponderar a cirurgia
Categoria V: Suspeito para malignidade Cirurgia indicada para retirar apenas 1 lobo ou retirada total da tireoide
Categoria VI: Maligno Recomendado retirar a tireoide com cirurgia

Estas são apenas recomendações, e por isso os médicos endocrinologista ou cirurgião de cabeça e pescoço podem decidir se há necessidade de repetir o exame entre 3 a 6 meses para comparar os resultados e avaliar se o nódulo cresceu, por exemplo, e então decidir se é preciso realizar a cirurgia para retirada da tireoide e realizar o tratamento com Iodo Radioativo, se for o caso. 

Onde fazer e preço

A PAAF pode ser realizada em laboratórios de imagem, clínicas e hospitais. O preço deste exame varia entre 700 à 1500 reais, mas pode ser feito pelo SUS ou pelo plano de saúde particular, em alguns locais, quando o exame precisa ser repetido em 3 meses não é necessário novo pagamento, mas é importante confirmar essa informação antes de realizar o exame.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site