O que é o prolapso genital feminino


O Prolapso genital, também conhecido por prolapso vaginal, acontece quando os músculos que suportam os órgãos femininos na pelve enfraquecem, fazendo com que o útero, uretra, bexiga e reto desçam pela vagina, podendo mesmo sair para o exterior.

Geralmente os sintomas dependem do órgão que desce pela vagina e o tratamento pode ser realizado com exercícios que fortalecem os músculos da pelve e com cirurgia.

O que é o prolapso genital feminino

Quais os sintomas

Os sintomas que podem ocorrer em pessoas que sofrem de prolapso genital dependem do órgão que desce pela vagina, como a bexiga, uretra, o útero ou o reto. Saiba mais sobre prolapso retal e prolapso uterino.

Estes sintomas podem incluir uma sensação de desconforto na vagina, presença de uma espécie de nódulo à entrada da vagina, sensação de peso e pressão na pelve ou como se estivesse sentando em uma bola, dor no fundo das costas, necessidade de urinar com frequência, dificuldade para  esvaziar a bexiga, infecções frequentes da bexiga, sangramento vaginal anormal, incontinência urinária e dor durante o contacto íntimo.

Possíveis causas

O prolapso genital ocorre devido ao enfraquecimento dos músculos pélvicos, que se pode dever a vários fatores.

Durante o parto, estes músculos podem esticar e tornar-se mais fracos, especialmente se o parto for demorado ou difícil de executar. Além disso, o envelhecimento e a diminuição de produção de estrogênio durante a menopausa pode também contribuir para o enfraquecimento dos músculos que suportam os órgãos na pelve.

Embora sejam mais raros, existem outros fatores que podem levar ao prolapso vaginal, como tosse persistente devido a uma doença crônica, excesso de peso, prisão de ventre crônica, levantar objetos pesados com frequência.

Como prevenir

Uma boa forma de prevenir um prolapso genital, é praticar com frequência os exercícios de Kegel, que  servem para fortalecer os músculos do assoalho pélvico. Saiba como fazer estes exercícios e conheça outros benefícios que têm para a saúde.

Como é feito o tratamento

Praticar exercícios de Kegel e perder o excesso de peso pode ajudar a impedir que o prolapso genital ocorra ou que se agrave. 

No entanto, em alguns casos pode ser necessário realizar uma cirurgia para colocar os órgãos pélvicos de volta ao seu lugar e reforçar a musculatura. Esta cirurgia pode ser feita através da vagina ou por laparoscopia. Saiba mais sobre a cirurgia por laparoscopia.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site