O que é Sacroileíte, Causas e Tratamentos

0
19


A sacroileíte é uma inflamação na articulação do sacro com o quadril que gera dor e desconforto no final da coluna. Seu tratamento é feito basicamente com a toma de remédios analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes musculares e sessões de fisioterapia.

Apesar do tratamento é comum haver várias recidivas da doença durante a vida porquê além de uma pré disposição genética para tal, frequentemente há um desnível na articulação do quadril, que geralmente é agravada pela diferença de comprimento das pernas, quando uma é alguns centímetros maior que a outra. Essa alteração leva a uma compensação em toda a estrutura corporal, inclusive nas articulações da coluna, levando à persistência da sacroileíte.

Sintomas de sacroileíte 

O que é Sacroileíte, Causas e Tratamentos

Os sintomas da sacroileíte incluem:

  • Dor nas articulações do sacro com a coluna vertebral. A dor é profunda e se localiza na parte superior do bumbum, e pode irradiar para a coxa;
  • Por vezes há dor em região lombar ou quadril;
  • A dor é frequente, e está presente até mesmo durante o sono;
  • A dor pode piorar após repouso prolongado, sendo mais intensa ao acordar;
  • Dor ou desconforto nos joelhos;
  • Contraturas no fundo das costas e próximo à articulação sacroilíaca;
  • Pode haver febre quando é causada por alguma infecção. 

O diagnostico é feito pelo médico após a observação dos sinais clínicos ao pressionar a crista ilíaca, e de exames de imagem, como o raio-x e a cintilografia, por exemplo. 

Tratamento para Sacroileíte 

Ao identificar os sintomas da sacroileíte o médico deverá indicar que o paciente faça fisioterapia para diminuir a dor e o desconforto. Exercícios de alongamentos serão capazes de melhorar a postura e diminuir a sintomatologia da doença.

A toma de medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos e as sessões de fisioterapia são as formas de encontrar alívio dos sintomas e diminuir a crise.

A reeducação postural e a osteopatia também são algumas formas de tratamento que ajudam a diminuir as compensações e a dor, trazendo alívio dos sintomas e por isso também são indicadas.

Caso haja uma diferença de tamanho das pernas maior que 1 centímetro recomenda-se o uso contínuo de uma palmilha dentro do sapato para ajustar a altura do membro e diminuir a sobrecarga na articulação.

Quando a causa da sacroileíte é a presença de microorganismos, o tratamento é feito com uso de antibióticos, durante internamento hospitalar. 

Fisioterapia para sacroileíte

A fisioterapia é uma das formas de tratamento indicadas e dentre as opções terapêuticas têm-se o uso de aparelhos anti-inflamatórios como o ultra som, laser e tens, por exemplo. Estes ajudam a diminuir a dor local, facilitando os movimentos. Além disso recomenda-se a prática de exercícios que fortaleçam os músculos das costas a fim de proporcionar uma melhor postura, parte fundamental do tratamento.

A prática do Pilates é uma grande aliada no tratamento ajudando a manter os músculos sustentadores da coluna devidamente tonificados e melhora a amplitude dos movimentos. Sentar-se de forma correta, evitar esportes de grande impacto, como corridas e futebol, são algumas das recomendações a serem seguidas.

Colocar um saco de gelo no local da dor durante 15 minutos, 2 vezes, por dia pode ajudar no tratamento.

O que causa sacroileíte 

Algumas causas da sacroileíte são:

  • Ter uma perna maior que a outra, mesmo que a diferença seja de apenas 0,5 cm;
  • Desníveis da coluna como artrose, hiperescoliose, hipercifose, hiperlordose ou bicos de papagaio;
  • Articulação têmporo-mandibular (ATM) mal posicionada;
  • Tumor maligno ou benigno que comprime a articulação sacroilíaca;
  • Traumatismo direto, como uma pancada, por exemplo;
  • Traumatismo repetitivo, como ocorre no caso de atletas saltadores de alta competição, por exemplo;
  • Traumatismo indireto, como num acidente de automobilístico, por exemplo;
  • Calcificação da sacroilíaca;
  • Luxação da articulação do quadril;
  • Doenças como sarcoidose, Doença de Paget, osteomalacia, acromegalia, tuberculose;
  • Infecção causada por Stafilococo aureus, outras bactérias são descritas menos frequentemente, como Stafilococo epidermidis, Streptococo, Salmonela, Pseudomonas, Klebisiela e N. gonorhoea.

Indivíduos diagnosticado com esta doença devem ter atenção pois são mais propensos a desenvolver futuramente a espondilite anquilosante, que é uma doença degenerativa grave.

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here