Orquite – Inflamação no Testículo

0
20


A orquite, também conhecida por orqueíte, é uma inflamação nos testículos que pode ser causada por traumatismo local, torção do testículo ou infecção, sendo mais frequentemente relacionada ao vírus da caxumba. A orquite pode acometer apenas um ou os dois testículos, podendo ser classificada em aguda ou crônica de acordo com a progressão dos sintomas:

  • Orquite aguda, em que há sensação de peso nos testículos, além de dor;
  • Orquite crônica, que é normalmente assintomática, podendo apenas ser sentido pequeno desconforto quando o testículo é manuseado.

Além da inflamação dos testículos pode ainda haver a inflamação do epidídimo, que é um pequeno canal que conduz os espermatozoides para a ejaculação, sendo caracterizada a orquiepididimite. Entenda o que é a orquiepididimite, sintomas e como é feito o tratamento.

Orquite - Inflamação no Testículo

Sintomas da orquite

Os principais sintomas relacionados à inflamação dos testículos são:

  • Ejaculação com sangue;
  • Urina com sangue;
  • Dor e inchaço nos testículos;
  • Desconforto ao manusear os testículos;
  • Sensação de peso na região;
  • Sudorese testicular;
  • Febre e mal estar.

Quando a orquite está relacionada com a caxumba, os sintomas podem aparecer 7 dias após o inchaço do rosto. No entanto, quanto mais rápido for identificada a orquite, maiores são as chances de cura e menores as chances de haver sequelas, como a infertilidade, por exemplo. Por isso, assim que forem notados os sintomas de inflamação nos testículos, é importante ir ao urologista para que sejam realizados os exames necessários. Saiba quando ir ao urologista.

Principais causas

A inflamação dos testículos pode acontecer devido a traumas locais, torção testicular, infecção por vírus, bactérias, fungos ou parasitas ou até mesmo por microrganismos transmitisos via sexual. Conheça outras causas de inchaço dos testículos.

A causa mais comum de orquite é a infecção pelo vírus da caxumba, devendo ser tratada o mais breve possível, pois uma das consequências dessa doença é a infertilidade. Entenda porque a caxumba pode causar infertilidade no homem.

Orquite viral

A orquite viral é uma complicação que pode ocorrer quando meninos com mais de 10 anos de idade são contaminados com o vírus da caxumba. Outros vírus que podem causar orquite são: Coxsackie, Echo, Influenza e o vírus da mononucleose.

No caso da orquite viral, o tratamento é feito com o objetivo de aliviar os sintomas, que pode ser feito por meio do uso de medicamentos anti-inflamatórios ou analgésicos, que devem ser recomendados pelo médico. Além disso, é importante permanecer em repouso, fazer compressas de gelo no local e elevar a bolsa escrotal. Caso o paciente procure tratamento logo no inicio dos sintomas, o quadro pode ser revertido dentro de até uma semana.

Orquite bacteriana

A orquite bacteriana geralmente está associada à inflamação do epidídimo e pode ser causada por bactérias como Micobacterium sp., Haemophilus sp., Treponema pallidum. O tratamento é feito de acordo com a orientação médica, sendo recomendado o uso de antibióticos de acordo com a espécie bacteriana responsável pela doença.

Como é feito o diagnóstico e o tratamento

O diagnóstico da orquite pode ser feito através da observação clínica dos sintomas da doença e é confirmado após a realização de exames como exame de sangue e ultrassonografia escrotal, por exemplo. Além disso, testes para gonorreia e clamídia podem ser úteis para verificar se estas podem ser a causa da doença, além de ajudar a definir o melhor antibiótico a ser utilizado.

O tratamento para orquite inclui repouso e o uso de medicamentos anti-inflamatórios. O médico urologista poderá indicar ainda a aplicação de compressas geladas na região para diminuir a dor e o inchaço que pode demorar até 30 dias para ser solucionado. No caso de infecção por bacterianas, o médico pode recomendar o uso de antibióticos.

No caso mais extremos da orquite, pode ser recomendado pelo urologista a remoção cirúrgica dos testículos.

Orquite tem cura?

A orquite tem cura e normalmente não deixa nenhuma sequela quando o tratamento é feito corretamente. No entanto, algumas possíveis sequelas que podem ocorrer são a atrofia dos testículos, a formação de abscessos e a infertilidade quando os 2 testículos são afetados.

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here