Para que serve o Cloridrato de Metformina


O cloridrato de metformina é um medicamento indicado para o tratamento da diabetes tipo 2, isoladamente ou associado a outros antidiabéticos orais e também pode ser utilizado para o tratamento da diabetes tipo 1, como complemento da insulina.

Além disso, este medicamento também pode ser usada para o tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos, que é uma condição que se caracteriza por ciclos menstruais irregulares e dificuldade para engravidar. Saiba como identificar.

A metformina pode ser comprada em farmácias por um preço de cerca de 5 a 20 reais, dependendo da dose, dimensão da embalagem e marca do medicamento, sendo necessária a apresentação de uma receita médica.

Para que serve o Cloridrato de Metformina

Como tomar

O modo de uso da Metformina deve ser orientado pelo médico, que poderá indicar a toma de comprimidos de 500 mg, 800 mg ou 1 g, divididos em 2 ou 3 doses diárias, tomados juntamente com as refeições, como com o café da manhã, almoço ou jantar.

O tratamento inicia com doses pequenas e que são gradualmente aumentadas, sendo a dose diária máxima é de 3000 mg.

Qual o mecanismo de ação

As pessoas com diabetes não produzem insulina suficiente ou não são capazes de utilizar corretamente a insulina produzida, fazendo com que circulem níveis elevados de glicose no sangue. 

A metformina atua reduzindo estes níveis anormais de glicose no sangue, para níveis mais próximos do normal.

Quem não deve usar

O cloridrato de metformina não deve ser usado por pessoas com hipersensibilidade à metformina ou aos outros componentes da fórmula, com problema de funcionamento do fígado ou dos rins, diabetes não controlada, com hiperglicemia ou cetoacidose graves.

Além disso, também não deve ser usada em pessoas com desidratação, infecções graves, estejam a fazer tratamento de problemas cardíacos, tenham sofrido recentemente um ataque cardíaco, problemas circulatórios graves ou dificuldades respiratórias, consumam bebidas alcoólicas em excesso, tenham sido submetidas a cirurgia eletiva de grande porte ou a exame utilizando meio de contraste contendo iodo.

Este medicamento também não deve ser utilizado por mulheres grávidas, lactante ou crianças abaixo de 10 anos sem orientação médica.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com metformina são problemas digestivos como náusea, vômito, diarreia, dor na barriga, perda de apetite e alterações no paladar.

A metformina emagrece?

Em estudos clínicos, a metformina foi associada a uma estabilização do peso corporal ou a uma ligeira perda de peso. No entanto, este medicamento não deve ser usado com esta finalidade, a não ser que seja indicado pelo médico, uma vez que pode causar efeitos colaterais.



Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site