Principais funções do intestino grosso e delgado


O intestino é um órgão em forma de tubo que se estende desde o final do estômago até ao ânus, permitindo a passagem dos alimentos digeridos, facilitando a absorção dos nutrientes e a eliminação dos resíduos. Para fazer todo esse processo, o intestino tem cerca de 7 a 9 metros de comprimento.

O intestino é uma das partes mais importantes do sistema digestivo e pode ser dividido em 2 partes principais:

  • Intestino delgado: é a primeira porção do intestino, que liga o estômago ao intestino grosso. É a parte mais comprida do intestino, com cerca de 7 metros, onde ocorre a a absorção de alguma água e a absorção da maior parte dos nutrientes, como açúcares e aminoácidos.
  • Intestino grosso: é a segunda porção do intestino e apresenta cerca de 2 metros de comprimento. É a menor parte do intestino, mas a mais importante na absorção de água, já que é aqui que mais de 60% da água é absorvida para o corpo.

Ao longo de todo o intestino, existe uma flora de bactérias que ajudam no processo digestivo, assim como a manter o intestino saudável e livre de outras bactérias patogênicas que podem ser ingeridas com os alimentos. Para manter uma flora intestinal saudável, deve-se apostar no consumo de probióticos, tanto através dos alimentos como de suplementos.

Intestino: Para que serve e Principais doenças

Principais funções

A principal função do intestino consiste na digestão de alimentos e absorção de nutrientes e água, para manter o corpo nutrido, hidratado e funcionando corretamente.

Além disso, o intestino também permite a eliminação de toxinas e outros produtos que não podem ser absorvidos pelo corpo, que acabam sendo eliminados sob a forma de fezes.

Durante muitos anos, estas foram as duas principais funções atribuídas ao intestino. No entanto, nos últimos anos, vários estudos apontam o intestino como um importante órgão endócrino que ajuda na produção de hormônios e neurotransmissores que influenciam o funcionamento de todo o corpo, assim como a saúde mental. É por esse motivo que o intestino tem sido chamado de segundo cérebro.

Sintomas que podem indicar problemas no intestino

Os sintomas que normalmente indicam que pode estar surgindo ou se desenvolvendo algum problema no intestino podem incluir:

  • Diarreia ou prisão de ventre constante;
  • Excesso de gases intestinais;
  • Barriga inchada;
  • Cólicas abdominais frequentes;
  • Presença de sangue nas fezes;
  • Fezes muito escuras e com cheiro fétido;
  • Perda do apetite e de peso;

Além disso, qualquer alteração na cor, consistência ou cheiro das fezes pode ser um sinal de alguma doença intestinal, especialmente quando dura mais de 1 semana.

Confira o que a cor das fezes pode dizer sobre a sua saúde.

Que médico consultar

O gastroenterologista é o médico mais capacitado para tratar doenças do intestino ou para fazer o diagnóstico de problemas que estejam causando alterações nas fezes ou levando ao surgimento de outros sintomas relacionados com o intesntino.

Intestino: Para que serve e Principais doenças

Possíveis doenças do intestino

Existem várias doenças que podem afetar o correto funcionamento do intestino, mas uma das mais graves e que parece apresentar uma grande taxa de crescimento ao longo dos anos é o câncer colorretal, no qual as células que revestem o órgão sofrem alterações, levando ao crescimento de tumores.

Outras doenças menos graves, mas também comuns incluem:

1. Infecções intestinais

As infecções intestinais, também conhecidas como enterites, são relativamente comuns ao longo da vida e acontecem principalmente quando se ingerem alimentos estragados que levam ao aumento da quantidade de bactérias patogênicas no intestino.

Os sinais mais frequentes de uma infecção no intestino incluem diarreia intensa, cansaço excessivo, febre, vômitos e perda de apetite. Veja como é feito o tratamento e quando é necessário usar remédios.

2. Doença celíaca

É uma doença crônica na qual o intestino não tem a capacidade de digerir o glúten presente em alimentos como o pão, biscoitos, massa ou cerveja, por exemplo, resultando em sintomas como cansaço frequente, barriga inchada, dor abdominal forte ou perda de apetite.

A doença celíaca, também conhecida como intolerância ao glúten, acontece porque o corpo não produz a enzima necessária para degradar o glúten, que acaba provocando pequenas lesões no intestino e levando a uma reação exagerada do sistema imune.

Entenda mais sobre a doença celíaca, seus sintomas e como tratar.

3. Doença de Crohn

Esta é outra doença crônica do intestino que causa uma inflamação persistente do revestimento do órgão, levando a sintomas como diarreia intensa, cólicas, náuseas e perda de peso. Devido à intensa inflamação, a doença de Crohn pode causar pequenas feridas no intestino ao longo do tempo, que acabam piorando os sintomas.

Uma vez que não tem uma causa específica, a doença de Crohn também não tem cura, no entanto, o tratamento indicado pelo médico ajuda a aliviar os sintomas, melhorando a qualidade de vida.

Faça o nosso teste online de sintomas para saber se pode ter doença de Crohn.

4. Intestino irritável

A síndrome do intestino irritável também causa uma ligeira inflamação do intestino com sintomas semelhantes à doença de Crohn, no entanto, essa inflamação não está sempre presente e, por isso, também não provoca o surgimento de feridas no intestino.

Os sintomas mais comuns são períodos de diarreia intercalos com prisão de ventre, excesso de gases e dor abdominal recorrente, que podem ser intensificados durante períodos de maior estresse ou após o consumo de alimentos específicos, como café, álcool ou comida processada.

Veja outros alimentos que podem piorar os sintomas e faça nosso teste para saber se pode ter a doença.

5. Hemorroidas

As hemorroidas também podem ser problemas crônicos, mas geralmente surgem por um curto período, voltando a desaparecer com o tratamento adequado. As hemorroidas são veias dilatadas da região anal que podem ser internas ou externas.

Os sintomas mais comuns incluem presença de sangue vermelho vivo nas fezes, coceira no ânus e dor ao defecar. Além disso, nas hemorroidas externas também é possível sentir ou observar uma pequena massa junto do ânus.

Veja mais sobre os sintomas, as causas e o tratamento das hemorroidas.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site