Remédio caseiro para íngua – Tua Saúde


A ínguas, também conhecidas como adenites, são caroços dolorosos que formam-se em consequência de alguma infecção próxima aos gânglios linfáticos. Essa resposta inflamatória pode se manifestar na região das axilas, pescoço e virilha, por exemplo.

Um ótimo remédio caseiro para tratar as ínguas dolorosas são as compressas de argila com cebola ralada e tomar o chá de eucalipto, porque eles ajudam a purificar o sangue e possuem ação antimicrobiana, combatendo a causa da íngua. Conheça as principais doenças que causam íngua.

Remédio caseiro para íngua com argila

Remédio caseiro para íngua

Um bom remédio caseiro para íngua é a compressa de argila com cebola porque ela possui propriedades antissépticas e antimicrobianas, ajudando a combater as infecções e aliviar os sintomas da íngua.

Ingredientes 

  • 2 colheres de sopa de argila verde;
  • Água morna;
  • ½ cebola ralada;
  • Gaze limpa.

Modo de preparo 

Misture a argila com a água em quantidade suficiente para virar uma mistura homogênea. Adicione ½ cebola ralada à mistura, aplique sobre a íngua e cubra com uma gaze limpa, deixando atuar por aproximadamente 30 minutos, ou até que a argila seque completamente.

Esta compressa deve ser utilizada de 3 a 4 vezes por dia. Além disso, é preciso lavar bem a região após a sua aplicação. Ela pode ressecar um pouco a pele e, por isso, recomenda-se passar uma loção hidratante suavemente depois de fazer uso desse remédio caseiro. Para complementar este tratamento, recomenda-se tomar 1 litro de chá de eucalipto por dia.

Remédio caseiro com eucalipto

Remédio caseiro para íngua

Um outro bom remédio caseiro para íngua é o chá eucalipto, porque ele é depurativo do sangue e ajuda a curar a infecção que está causando a íngua.

Ingredientes 

  • 2 colheres de sopa de folhas verdes de eucalipto;
  • 1 litro de água fervente.

Modo de preparo 

Coloque o eucalipto numa garrafa e acrescente a água fervente. Deixe amornar tampada e coe antes de beber, sem adoçar. Conheça as propriedades do eucalipto.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site