TENS: o que é, para que serve e quem não deve usar


O aparelho TENS, também conhecida por neuroestimulação elétrica transcutânea, é um método eficaz, seguro e não invasivo de tratamento de dores crônicas e agudas, sem que seja necessário o uso de medicamentos.

Os aparelhos de TENS são um dos recursos mais utilizados em fisioterapia para o tratamento da dor relacionada com artrite, tendinite, reumatismo ou luxações, por exemplo.

Tudo sobre o TENS na Fisioterapia

Em que consiste esta técnica

A TENS é uma técnica em que são aplicados impulsos elétricos na pele através de aparelhos específicos, que ativam mecanismos de controle internos do sistema nervoso, exercendo uma ação analgésica. Este é um método não invasivo, que não vicia, sem riscos para a saúde e na maior parte dos casos não provoca efeitos colaterais. 

O seu mecanismo fisiológico de analgesia depende da modulação da corrente aplicada à região afetada, ou seja, se forem aplicados impulsos elétricos de baixa frequência e alta intensidade, são liberadas endorfinas pelo cérebro ou medula, que são substâncias com efeitos semelhantes à morfina, levando assim ao alívio da dor. Se forem aplicados impulsos elétricos com frequência alta e baixa intensidade, a analgesia ocorre devido a um bloqueio dos sinais nervosos de dor que não são enviados ao cérebro.

A aplicação da TENS tem uma duração de cerca de 20 a 40 minutos, dependendo da intensidade do estímulo e pode ser feita num consultório por um fisioterapeuta ou em casa.

Quando é indicada

A técnica TENS pode ser usada em alguns tipos de dor como dores relacionadas a artrite, dores lombares, nevralgias, dor cervical, tendinite, nevralgia cervicobraquial, dor ciática, dor no pescoço, tendinite, reumatismo, dor óssea, dor nas costas, entorses, luxações, epicondilite, dor pós-operatória, entre outros.

Quais os benefícios

Os efeitos provocados pela fisioterapia TENS são analgesia, estimulação muscular, vasodilatação, redução de inchaço e estimulação da cicatrização de lesões em tecidos moles.

Quem não deve usar

Este método não deve ser usado por mulheres grávidas ou que estejam a amamentar, pessoas que utilizem um marcapasso ou pessoas que tenham doenças cardíacas ou doenças de pele no local da aplicação.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site