Tipos de sangue: para quais pode doar e como doar


Existem 4 grupos sanguíneos diferentes:

  • Sangue A: é um dos tipos mais comuns e contém anticorpos contra o tipo B, só podendo receber sangue de pessoas do tipo A ou O;
  • Sangue B: é um dos tipos mais raros e contém anticorpos A, só podendo receber sangue de pessoas do tipo B ou O;
  • Sangue AB: é um dos tipos mais raros e contém anticorpos A, que pode receber sangue de pessoas de todos os tipos;
  • Sangue O: é conhecido como o dador universal é um dos tipos mais comum, que contém anticorpos A e B, só podendo receber sangue de pessoas do tipo O;

As pessoas com sangue do tipo O podem doar sangue para qualquer pessoa mas só podem receber doações de pessoas com o mesmo tipo de sangue. Por outro lado as pessoas do tipo AB podem receber sangue de qualquer pessoa mas só podem doar para pessoas com o mesmo tipo sanguíneo.

Já, pessoas com sangue do tipo A podem doar apenas para outras do tipo A ou tipo AB, assim como as do tipo B só podem doar para B e AB. Se deseja saber sobre os componentes do sangue leia: Componentes do sangue e suas funções.

Saiba tudo sobre o seu tipo de sangue

De acordo com o tipo sanguíneo, existem diferentes tipos de alimentação que pode ser mais adequados. Veja como deve ser a dieta para pessoas com sangue A, sangue B, sangue AB ou sangue O.

O que é o fator Rh

Além do tipo A, B, AB ou O, existe o fator Rh, que determina se o tipo de sangue é positivo ou negativo e influencia na compatibilidade sanguínea. Assim, pessoas com sangue positivo podem receber de pessoas com qualquer Rh, mas só podem doar para outras com sangue positivo. Enquanto se o sangue tiver Rh negativo pode doar para pessoas com sangue positivo ou negativo mas só podem receber negativo.

Tabela de compatibilidade para doação de sangue

A tabela a seguir mostra para quem se pode doar sangue e de quem se pode receber:

  Pode doar para: Pode receber doação de:
Sangue tipo A+ AB+ e A+ A+, A-, O+ e O-
Sangue tipo A- A+, A-, Ab+ e AB- A- e O-
Sangue tipo B+ B+ e AB+ B+,B-, O+ e O-
Sangue tipo B- B+, B-, AB+ e AB- B- e O-
Sangue tipo AB + AB+

A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB- (todos)

Sangue tipo AB- AB+ e AB- A-, B-, O- e AB-
Sangue tipo O+ A+, B+, O+ e AB+ O+ e O-
Sangue tipo O- A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB- (todos) O-

Qual o tipo de sangue do seu filho

Normalmente só se sabe o tipo de sangue da criança quando se faz um exame de sangue de rotina, ou a pedido do pediatra para determinar o diagnostico de alguma doença.

No entanto, sabendo o tipo sanguíneo dos pais é possível saber quais as possíveis possibilidade do tipo de sangue da criança, como mostra a tabela:

Mãe

Pai

A+ A- B+ B- AB+ AB- O+ O-
A+ A ou O +ou- A ou O + ou – A, B, AB ou O +ou- A, B, AB ou O +ou- A, B ou AB +ou- A+,B+ ou AB +ou- A ou O +ou- A ou O +ou-
A- A ou O + ou – A- ou O- A, B, AB ou O +ou- A-, B-, AB- ou O- A+,B+ ou AB +ou- A-, B- ou AB- A ou O +ou- A- ou O-
B+ A, B, AB ou O +ou-

A, B, AB ou O +ou-

B ou O +ou- B ou O + ou- A, B ou AB +ou- A,B ou Ab +ou- B ou O +ou- B ou O +ou-
B- A, B,AB ou O +ou- A-, B-, AB- ou O- B ou O +ou- B- ou O- A, B ou AB +ou- A-, B- ou AB- B ou O +ou- B- ou O-
AB+ A, B ou AB +ou- A, B ou AB +ou- A, B ou AB +ou- A, B ou AB +ou- A, B ou AB +ou- A, B ou AB +ou- A ou B +ou- A ou B +ou-
AB- A, B ou AB +ou- A-, B- ou AB- A, B ou AB +ou- A-, B- ou AB- A, B ou AB +ou- A-, B- ou AB- A ou B +ou- A- ou B-
O+ A ou O +ou- A ou O +ou – B ou O +ou- B ou O +ou- A ou B +ou- A ou B +ou- O +ou- O +ou-
O- A ou O +ou – A ou O- B ou O +ou- B ou O-

A ou B +ou-

A- ou B- O +ou- O-

Na gravidez, quando a mãe é Rh negativo e o bebê é positivo existe probabilidade da gestante produzir anticorpos para eliminar o bebê podendo levar a um aborto. Por isso, as grávidas com este tipo de sangue devem consultar o ginecologista para verificar quando há a indicação de injeção de imunoglobulina anti-D, mas nunca há problemas graves numa primeira gravidez. Veja o que fazer quando o tipo de sangue da grávida é Rh negativo.

Quem pode doar sangue

Para doar sangue deve-se respeitar os seguintes requisitos:

  • Ter entre 18 e 65 anos;
  • Pesar mais de 50 Kg;
  • Caso tenha feito uma tatuagem, aguardar entre 6 a 12 meses para certificar que não foi contaminado com nenhum tipo de hepatite e que continua saudável;
  • Não fumar durante 2 horas após a doação de sangue, sob o risco de desmaiar;
  • Nunca ter usado drogas ilícitas injetáveis;
  • Aguardar um ano após a cura de alguma DST;
  • Evitar ingestão de alimentos gordurosos 4 horas antes da doação do sangue.

Os homens só podem doar sangue uma vez a cada 2 meses e no máximo 4 vezes por ano e as mulheres a cada 3 meses e no máximo 3 vezes por ano. Cada doação demora cerca de meia hora.

Veja em que situações pode ser proibido doar sangue.

Como doar sangue

A pessoa que deseja doar sangue deve ir a um dos postos de colheita de sangue, preencher um formulário com diversas questões sobre sua saúde e hábitos de vida. O formulário será analisado por um especialista e, se a pessoa estiver apta, poderá então sentar-se numa maca para doar o sangue.

Um enfermeiro irá colocar uma agulha na veia do braço, por onde correrá o sangue para uma bolsa própria para armazenar o sangue. A doação dura, aproximadamente, meia hora e é possível pedir licença do trabalho neste dia, sem ter o salário descontado.

Ao findar a doação, será oferecido um lanche reforçado ao doador, para repor suas energias, pois é normal que o doador sinta-se fraco e tenha tonturas, apesar da quantidade de sangue retirada não chegar a meio litro e o organismo logo recompor esta perda.

É seguro doar sangue e o doador não pega nenhuma doença, porque segue normas nacionais e internacionais de segurança do sangue do Ministério da Saúde, da Associação Americana e do Conselho Europeu de Bancos de Sangue.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site