Veganismo: características e como deve ser a alimentação

0
10


O veganismo é um movimento que tem como objetivo promover a libertação dos animais, bem como valorizar seus direitos e bem-estar. Assim, as pessoas adeptas a esse movimento não só possuem uma dieta vegetariana estrita, como também não fazem uso de qualquer produto que tenha relação com animais.

A pessoa vegana normalmente possuem restrição relacionadas à vestuário, entretenimento e alimentos de origem animal. Dessa forma, é importante que a pessoa vegana busque orientação de um nutricionista para que seja indicada uma dieta adequada e que supra todas as necessidades nutricionais.

O que é o veganismo e o que comer

Qual a diferença entre vegano e vegetariano

O vegetarianismo normalmente é relacionado ao consumo de alimentos que não são de origem animal, podendo ser classificados em:

  1. Ovolactovegetarianos, que são aquelas pessoas que não consomem carne;
  2. Lactovegetarianos, que além de carne não consumem ovos;
  3. Vegetarianos estritos, que não consomem carne, ovo, leite e derivados.
  4. Veganos, que além de não consumirem produtos alimentícios de origem animal, também não fazem uso de qualquer produto que tenha sido testado em animais ou provenientes deles, como lã, coura ou seda, por exemplo.

Assim, todos os veganos são vegetarianos estritos, mas nem todos os vegetarianos estritos são veganos, pois podem fazer uso de produtos de origem animal, como alguns cosméticos. Conheça mais sobre as diferenças entre os tipos de vegetarianismo.

Vantagens e desvantagens do veganismo

Algumas pesquisas demostraram que a dieta vegetariana estrita está associada a menores chances de obesidade e problemas cardiovasculares, como a aterosclerose, por exemplo. Além disso, o veganismo é responsável por promover o bem-estar dos animais, preservando a vida e combatendo a exploração dos animais com o objetivo de produzir materiais e produtos para consumo.

Apesar dos veganos seguirem uma dieta rica em carboidratos, ômega 6, fibras, ácido fólico, magnésio e vitamina C e E, pode haver deficiência de vitaminas do complexo B e de fontes de proteínas de alta qualidade, podendo interferir no funcionamento de algumas funções do organismo. No entanto, a deficiência de vitamina B pode ser suplementada, de acordo com a orientação do nutricionista, e o fornecimento de proteína pode ser feito por meio do consumo de quinoa, tofu, grão de bico e cogumelos, por exemplo.

É importante que a dieta vegetariana estrita seja feita sob orientação de um nutricionista para que todas as necessidades nutricionais sejam alcançadas, evitando anemia, atrofia de músculos e órgãos, falta de energia e osteoporose, por exemplo.

O que comer

A dieta vegana normalmente é rica em legumes, vegetais, cereais, frutas e fibras e, na maioria das vezes, é possível atender a boa parte das necessidades nutricionais. Normalmente as pessoas veganas apresentam deficiência de vitamina B12, visto que a principal fonte de vitamina são os alimentos de origem animal. No entanto, essa deficiência pode ser solucionada por meio da suplementação, que deve ser feita de acordo com a orientação do nutricionista.

Confira nesse vídeo o que o vegetariano normalmente não consome:

Imagem ilustrativa do vídeo: 7 COISAS QUE TODO O VEGETARIANO TEM QUE SABER
SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here