Veja como é feito o tratamento para a artrite reativa


A artrite reativa é um tipo de inflamação de várias partes do corpo que pode surgir como consequência de uma infecção intestinal, genital ou urinária e que é caracterizada por dor nas articulações, inflamação da pele ou vermelhidão dos olhos, por exemplo.

Os sintomas da artrite reativa podem desaparecer após 3 a 12 meses mesmo sem tratamento, no entanto possui muita chance de voltar a acontecer. O tratamento para esse tipo de artrite é estabelecido pelo clínico geral ou reumatologista de acordo com os sintomas apresentados pelo paciente e com a causa da doença, podendo ser recomendado o uso de anti-inflamatórios, analgésicos, corticoides ou antibióticos, por exemplo.

Artrite reativa: o que é, sintomas e causas

Sintomas da artrite reativa

Os sintomas da artrite reativa variam de acordo com o local da inflamação, sendo os sintomas mais frequentes:

1. Artrite reativa nas articulações

  • Dor na articulação;
  • Dificuldade para movimentar a articulação;
  • Dor no fundo das costas;
  • Inchaço nas articulação.

2. Artrite reativa no trato urinário

  • Dor ou queimação ao urinar;
  • Aumento da vontade para urinar;
  • Vontade urgente para urinar;
  • Drenagem de líquido esbranquiçado pela uretra;
  • Sangue na urina.

3. Artrite reativa nos olhos

  • Vermelhidão nos olhos;
  • Lacrimejamento excessivo;
  • Dor ou queimação nos olhos;
  • Inchaço.

Além disso, também podem surgir outros sintomas mais gerais como cansaço excessivo, dor nas costas, febre acima de 38ºC, perda de peso, aftas, dor abdominal ou diarreia, por exemplo. Quando surgem estes sintomas é recomendado consultar um clínico geral para avaliar o problema e indicar a necessidade de consultar um reumatologista para iniciar o tratamento adequado.

Como é feito o tratamento

O tratamento para a artrite reativa é feito de acordo com os sintomas apresentados pela pessoa e com a causa da doença, sendo normalmente indicado pelo reumatologista o uso de remédios anti-inflamatórios e analgésicos, como por exemplo Paracetamol ou Ibuprofeno. Em alguns casos também pode ser recomendado o uso de corticoides, como a Prednisolona, para reduzir a inflamação dos vários locais do corpo e aliviar os sintomas.

O reumatologista pode indicar também o uso de antibióticos, caso a artrite reativa seja causada por infecção bacteriana e o organismo não é capaz de eliminar a bactéria. Além disso, no caso em que as articulações são afetadas, também pode ser indicada a realização de fisioterapia, que é feita com exercícios que ajudam a recuperar o movimento dos membros e aliviar a dor, acelerando o processamento de tratamento.

No entanto, nem sempre é possível aliviar completamente todos os sintomas da artrite reativa, desenvolvendo-se uma situação crônica que provoca o surgimento recorrente dos sintomas durante algumas semanas. Saiba mais sobre o tratamento para a artrite reumatoide.

Causas da artrite reativa

A artrite reativa normalmente surge como consequência de uma infeção bacteriana urogenital ou intestinal. No caso de infecção urogenital, pode se devido a doenças sexualmente transmissíveis, como a clamídia, por exemplo, que é causada pela bactéria Chlamydia trachomatis. Quando devido a infecções intestinais, pode ser em função da infecção por Campylobacter sp, Shigella sp ou Salmonella sp, por exemplo.

Essas infecções podem ocorrer por causa do contato íntimo desprotegido, no caso das DSTs, ou intoxicação alimentar, no caso das infecções bacterianas intestinais. Além disso, a artrite reativa pode ser causada por febre glandular, infecção da garganta ou gripe viral.

Deixe uma resposta

Nome *
Email *
Site